Domingo, 11 de Março de 2007

7 Maravilhas da Gastronomia Portuguesa

 

O Lágrimas Catering associado ao evento das 7 Maravilhas de Portugal e ao New7Wonders aliou-se de forma original à iniciativa promovendo a eleição das “7 Maravilhas Gastronómicas de Portugal”.

A empresa responsável pelo catering do evento põe desta forma á sua disposição a escolha de 7 dos seguintes 21 pratos:Leitão da Bairrada, Cozido à Portuguesa, Ovos Moles de Aveiro, Francesinhas, Leite de Creme, Queijo da Serra, Sardinhas Assadas, Amêijoas à Bulhão Pato, Pastel de Nata, Caldo Verde, Arroz de Marisco, Bacalhau à Lagareiro, Alheiras de Mirandela, Arroz de Cabidela, Pasteis de Bacalhau, Cabrito Assado, Presunto de Chaves, Migas, Polvo à Lagareiro, Carne de Porco à Alentejana e Queijo da ilha de São Jorge.

Para votar em qualquer uma destas iguarias nacionais basta aceder AQUI

Aceda ao site acima e clique na imagem do evento que figura no cabeçalho deste artigo Lembre-se o voto só é v á lido se, de entre estes pratos todos escolher 7, e j á agora que nesses 7, escolha o prato representativo da região "Alheiras de Mirandela"

PARTICIPE E ELEJA AS " 7 Maravilhas Gastronómicas de Portugal" e as alheiras da nossa terra estão a concurso!

Sexta-feira, 9 de Março de 2007

ESCLARECIMENTO

O Movimento Cívico tem constatado que no espaço de comentários das sondagens que aqui disponibilizamos, tem havido bastantes comentários sobre várias questões. Por achar que temos o dever de explicar aos mirandelenses os seguintes aspectos:

 - O Movimento Cívico Por Mirandela NÃO RECEBE NEM NUNCA RECEBEU NENHUM SUBSÍDIO QUER DA CÂMARA MUNICIPAL DE MIRANDELA, OU ENTIDADE PÚBLICA.

 - O Movimento neste momento tem a sua actividade limitada por diversas razões entre elas: motivos orçamentais, e por ainda não termos constituída a personalidade jurídica, que esperamos poder estar legalmente constituídos no final do mês de Maio.

 - Os membros coordenadores deste movimento nenhum deles é trabalhador nem da edilidade, nem de organismos públicos, sendo alguns deles  comerciantes, estudantes, advogados e dois elementos que se encontram na reforma.

Para que se esclareça, o movimento não tem por função apoiar nenhum presidente de Câmara seja ele de que partido seja, no entanto não se abstém de criticar ou elogiar quando necessário e que legalmente o possa fazer.


Publicado por mdl às 17:48
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 8 de Março de 2007

...

Comunicado

Hospital da Terra Quente S.A .

O Movimento Cívico Por Mirandela, ontem reunido extraordinariamente, para debater a construção de uma unidade hospitalar privada na cidade de Mirandela decidiu através do Conselho Fundador, órgão máximo desta associação cívica, reconhecer que é extremamente importante o investimento na cidade e a criação de postos de trabalho. Mas, referimos que a construção desta unidade privada é sintomática do desinteresse das entidades governamentais de prestarem o serviço público que o povo do concelho de Mirandela tem direito, direito esse, consagrado na constituição. A criação desta unidade privada só demonstra, que afinal se justifica a permanência da maternidade e da urgência médico-cirúrgica na nossa cidade. O Movimento Cívico estará atento às eventuais desigualdades de acesso aos cuidados de saúde, que o povo de Mirandela poderá vir a sentir e não hesitará em erguer a voz pelo direito ao acesso à saúde pública e de qualidade por parte dos cidadãos. Depositamos as nossas esperanças, no Presidente da Câmara de Mirandela, José Silvano, com o qual desde já nos solidarizamos, para que no próximo dia 14 de Março, aquando a reunião com o Ministro da Saúde possa garantir que a urgência médico-cirúrgica se mantenha na Unidade Hospitalar de Mirandela. Este Movimento decidiu também publicamente expressar um voto de protesto contra o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Nordeste, por repetidamente negligenciar a Unidade Hospitalar de Mirandela, querendo-o transformar o hospital de Mirandela num mega centro de saúde.

 O Conselho Fundador


Publicado por mdl às 22:00
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 2 de Março de 2007

Os portugueses entendem...

No passado dia 27 na página do leitor do JN, vinha este artigo que nos passamos a reproduzir que achamos ser de uma honestidade e visão dos problemas no mínimo fantástico. Obrigado Conceição!

A tragédia da locomotiva 6205

 

«Três pessoas perderam a vida e as linhas de caminhos-de-ferro portuguesas morrem aos poucos»

 

Os erros renovam-se, a negligência persiste, o luto permanece, os culpados, esses, ninguém os encontra, apenas abalam.

É desta forma que o nosso país tem evoluído!

Nota-se através da linha do Tua, bastaram dois pedregulhos. Um de enormes dimensões desafiou a escarpa, abalroando a locomotiva 6205. Levando-a de arrasto às aguas do rio Tua, vitimando três pessoas e ferindo outras duas.

Não sei se por obra do divino ou do destino, não viajara mais ninguém naquele fatídico dia na automotora.

Que vão fazer agora os governantes, lamentar, indemnizar?

As lágrimas que a saudade não cura, as vidas que não voltam, sinto-me hostilizada, porque não vivemos com aprendizagem das fatalidades sucedidas. Aparentemente vamos vivendo no país, (deixa andar).

Não vai assim há tantos anos (2001), que vivemos o sofrimento, a tragédia da ponte Hintze Ribeiro, em Castelo de Paiva morreram 59 pessoas.

Todos conheciam o problema, a decadência, o desgaste deste monumento, assim como tantos outros, mas vai-se fechando os olhos.

A culpa é sempre das pedras, dos (calhaus) que teimam em fechar os orifícios...então arranjam-se cobaias “ seis engenheiros, alguns já reformados”, coitados, já sem idade para cumprir penas. Mas alguém tinha que se sentar no banco dos réus.

Não podem dizer que não houve julgamento, (cego, surdo e mudo), mas houve, se foram ilibados então não são culpados...

Mas os verdadeiros culpados, esses, ninguém lhes consegue por a mão, são poderosos demais para assumirem seja o que for!

Lamento imenso estes acontecimentos descomunais, que dizimam a vida de tantos inocentes em prol da cegueira. Lamento que num país como o nosso onde o investimento e a evolução não chega aos meios rurais, ao património enfraquecido pelos anos e não se pense na segurança dos que habitam nestes meios.

Fico deveras surpreendida quando se fala da OTA e do TGV, querem fazer desenvolver o crescimento económico, até entendo porque não sou nenhuma ignorante, só não entendo como conseguem lidar com o resto do país como se fosse apenas tudo paisagem em degradação.

Ate quando vão culpar os pedregulhos?

in JN 27/02/2007 Conceição Bernardino


Domingo, 25 de Fevereiro de 2007

Missa de 7º dia de Ricardo

Realiza-se amanhã dia, 26 de Fevereiro, a missa de 7º dia, do amigo Ricardo, vítima do acidente do Tua. A missa vai decorrer na Igreja de S. Bento, pelas 19:00. Até sempre Ricardo!

Esta foto foi retirada do blog " paradoxis "

http://paradoxis.blogspot.com/

 


Publicado por mdl às 21:12
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2007

Agradecimentos

O Movimento Cívico Por Mirandela, agradece a todos aqueles que publicitaram a nossa iniciativa da passada segunda-feira. A todos eles, um muito obrigado. Em especial:

- Vice-Presidente da Câmara Municipal de Mirandela, Eng.º Almor Branco.

- Bar Kaloyro - site oficial.

- Tozé Pimentel - Locutor da Rádio Terra Quente.

- Jornal A Voz do Nordeste.

- Jornal Notícias de Mirandela - Directores Jerónimo e Arnaldo Pinto.

- Rogério Chambel - Jornalista do Correio da Manhã.

- Jornal Diário de Trás-os-Montes on-line.

- site www.trasosmontes.com

A Todos muito Obrigado!

 

 


Publicado por mdl às 20:56
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2007

Obrigado aos Mirandelenses

Imagens como esta repetiram-se pela cidade de Mirandela. Hoje, os mirandelenses mostraram-se solidários com as familias das vítimas do acidente do Tua.

 Em artérias como a Rua da República, Av. das Amoreiras, Calçada de S. Cosme, Rua do Tanque, Rua Combatentes da Grande Guerra, Rua Alexandre Herculano, Av. da Galiza. Av. Comunidades Europeias, Rua de S. Bento entre muitas outras, as varandas e janelas estavam com uma ou mais velas. Facto curioso é que foi hoje, dia da vigilia dos mirandelenses, o corpo do nosso amigo Ricardo foi encontrado.

 Paz à sua alma.

 


Publicado por mdl às 21:11
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

Hoje, não se esqueça...

Hoje entre as 19:00 e as 20:00, coloque uma vela no parapeito da janela de sua casa. Mostre-se solidário com as vítimas do acidente do Tua.


Publicado por mdl às 16:41
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 15 de Fevereiro de 2007

"Uma Luz pelas vítimas"

O Movimento Cívico Por Mirandela, promove uma onda de solidariedade com as famílias enlutadas e uma homenagem ás vítimas da tragédia do rio Tua. Na próxima segunda-feira, dia 19 de Fevereiro coloque no parapeito da sua janela uma vela entre as 19:00 e as 20:00.

Participe e divulgue!


Quarta-feira, 14 de Fevereiro de 2007

O que nos resta...

Porque uma imagem vale mais que mil palavras!

http://www.publico.clix.pt/docs/imagens/Acidentetua/

 

 


Publicado por mdl às 23:11
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 13 de Fevereiro de 2007

Comunicado - Linha do Tua

Descarrilamento na linha do Tua

 

O Movimento Cívico lamenta o sucedido na passada segunda-feira na linha do Tua. Apresentamos as nossas condolências à família da vítima mortal encontrada no dia de hoje. Este Movimento disponibilizou-se, junto das famílias das vítimas, para ajudar em vários níveis, caso seja necessário. O Movimento Cívico Por Mirandela, está atento à tentativa daqueles, que querem aproveitar este incidente para justificar o encerramento da linha do Tua e irá intervir sempre que esteja em causa a manutenção da linha. Diligenciamos, esta manhã contactos, com vários grupos parlamentares, tendo recebido já a resposta positiva do partido ecologista “Os Verdes” e do Bloco de Esquerda. Apelamos a todos os mirandelenses para que se unam numa onda de solidariedade, neste momento de consternação e dor para o povo de Mirandela.

 

O Presidente do movimento Cívico Por Mirandela

 

Rui Tulik Lopes


Domingo, 11 de Fevereiro de 2007

Resultados Finais por Freguesias do Concelho de Mirandela - FONTE STAPE

RESULTADOS: Abambres
   
   
Inscritos 388  
Votantes 139 35.82%
Em Branco 1 0.72%
Nulos 2 1.44%


Opções Votos %
Sim 47 34.56
Não 89 65.44

RESULTADOS: Abreiro
   
   
Inscritos 353  
Votantes 142 40.23%
Em Branco 2 1.41%
Nulos 2 1.41%


Opções Votos %
Sim 39 28.26
Não 99 71.74

RESULTADOS: Aguieiras
   
   
Inscritos 461  
Votantes 111 24.08%
Em Branco 0 0.00%
Nulos 1 0.90%


Opções Votos %
Sim 36 32.73
Não 74 67.27

RESULTADOS: Alvites
   
   
Inscritos 369  
Votantes 62 16.80%
Em Branco 0 0.00%
Nulos 1 1.61%


Opções Votos %
Sim 37 60.66
Não 24 39.34

RESULTADOS: Avantos
   
   
Inscritos 169  
Votantes 61 36.09%
Em Branco 1 1.64%
Nulos 1 1.64%


Opções Votos %
Sim 15 25.42
Não 44 74.58

RESULTADOS: Avidagos
   
   
Inscritos 342  
Votantes 128 37.43%
Em Branco 4 3.12%
Nulos 0 0.00%


Opções Votos %
Sim 38 30.65
Não 86 69.35

RESULTADOS: Barcel
   
   
Inscritos 221  
Votantes 75 33.94%
Em Branco 0 0.00%
Nulos 0 0.00%


Opções Votos %
Sim 42 56.00
Não 33 44.00

RESULTADOS: Bouça
   
   
Inscritos 422  
Votantes 145 34.36%
Em Branco 0 0.00%
Nulos 0 0.00%


Opções Votos %
Sim 45 31.03
Não 100 68.97

RESULTADOS: Cabanelas
   
   
Inscritos 400  
Votantes 136 34.00%
Em Branco 1 0.74%
Nulos 2 1.47%


Opções Votos %
Sim 54 40.60
Não 79 59.40

RESULTADOS: Caravelas
   
   
Inscritos 312  
Votantes 84 26.92%
Em Branco 2 2.38%
Nulos 1 1.19%


Opções Votos %
Sim 21 25.93
Não 60 74.07

RESULTADOS: Carvalhais
   
   
Inscritos 1366  
Votantes 455 33.31%
Em Branco 3 0.66%
Nulos 1 0.22%


Opções Votos %
Sim 254 56.32
Não 197 43.68

RESULTADOS: Cedães
   
   
Inscritos 598  
Votantes 183 30.60%
Em Branco 3 1.64%
Nulos 1 0.55%


Opções Votos %
Sim 50 27.93
Não 129 72.07

RESULTADOS: Cobro
   
   
Inscritos 266  
Votantes 101 37.97%
Em Branco 1 0.99%
Nulos 0 0.00%


Opções Votos %
Sim 40 40.00
Não 60 60.00

RESULTADOS: Fradizela
   
   
Inscritos 348  
Votantes 139 39.94%
Em Branco 0 0.00%
Nulos 3 2.16%


Opções Votos %
Sim 38 27.94
Não 98 72.06

RESULTADOS: Franco
   
   
Inscritos 333  
Votantes 130 39.04%
Em Branco 2 1.54%
Nulos 1 0.77%


Opções Votos %
Sim 36 28.35
Não 91 71.65

RESULTADOS: Frechas
   
   
Inscritos 1214  
Votantes 526 43.33%
Em Branco 6 1.14%
Nulos 3 0.57%


Opções Votos %
Sim 158 30.56
Não 359 69.44

RESULTADOS: Freixeda
   
   
Inscritos 130  
Votantes 62 47.69%
Em Branco 0 0.00%
Nulos 0 0.00%


Opções Votos %
Sim 19 30.65
Não 43 69.35

RESULTADOS: Lamas de Orelhão
   
   
Inscritos 543  
Votantes 207 38.12%
Em Branco 2 0.97%
Nulos 1 0.48%


Opções Votos %
Sim 67 32.84
Não 137 67.16

RESULTADOS: Marmelos
   
   
Inscritos 212  
Votantes 66 31.13%
Em Branco 1 1.52%
Nulos 0 0.00%


Opções Votos %
Sim 15 23.08
Não 50 76.92

RESULTADOS: Mascarenhas
   
   
Inscritos 730  
Votantes 295 40.41%
Em Branco 3 1.02%
Nulos 3 1.02%


Opções Votos %
Sim 85 29.41
Não 204 70.59

RESULTADOS: Mirandela
   
   
Inscritos 8238  
Votantes 3273 39.73%
Em Branco 40 1.22%
Nulos 25 0.76%


Opções Votos %
Sim 1749 54.52
Não 1459 45.48

RESULTADOS: Múrias
   
   
Inscritos 423  
Votantes 144 34.04%
Em Branco 0 0.00%
Nulos 1 0.69%


Opções Votos %
Sim 24 16.78
Não 119 83.22

RESULTADOS: Navalho
   
   
Inscritos 105  
Votantes 44 41.90%
Em Branco 2 4.55%
Nulos 1 2.27%


Opções Votos %
Sim 24 58.54
Não 17 41.46

RESULTADOS: Passos
   
   
Inscritos 550  
Votantes 199 36.18%
Em Branco 3 1.51%
Nulos 1 0.50%


Opções Votos %
Sim 43 22.05
Não 152 77.95

RESULTADOS: Pereira
   
   
Inscritos 262  
Votantes 120 45.80%
Em Branco 1 0.83%
Nulos 2 1.67%


Opções Votos %
Sim 67 57.26
Não 50 42.74

RESULTADOS: Romeu
   
   
Inscritos 353  
Votantes 153 43.34%
Em Branco 0 0.00%
Nulos

Publicado por mdl às 22:25
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sábado, 10 de Fevereiro de 2007

Resultados ON-LINE!

No Domingo, logo após o fecho das urnas, vamos revelar, os resultados no concelho de Mirandela, assim que eles forem sendo oficializados. Por passe por cá, neste espaço que é seu!  Aproveite e vote no nosso inquérito!


Sexta-feira, 9 de Fevereiro de 2007

Rui Tulik Lopes - Presidente do Movimento Cívico Por Mirandela

Os artigos expressos neste blog não reproduzem a posição do Movimento. Trata-se apenas de um espaço de difusão de várias correntes de opinião quer do Sim ou do Não.

 SIM OU NÃO, MAS VOTE! 

Em primeiro lugar, queria agradecer ás centenas de pessoas, que nos enviaram as suas palavras sobre o referendo do próximo dia 11 de Fevereiro. Penso, que tenha sido um excelente contributo para a clarificação de argumentos, para que, os portugueses possam decidir em consciência.

Foram várias as personalidades políticas de âmbito regional e até nacional que participaram neste espaço de cidadania que aqui foi criado. O Movimento Cívico, orgulha-se de poder ter sido referência em vários sites e jornais como exemplo de organização para o esclarecimento e para o espaço de debate de ideias. Como Presidente do Movimento Cívico, desde já muito obrigado!

Mas, este assunto, é muito delicado e importante para a sociedade portuguesa. Pessoalmente, irei votar SIM, por diversas razões. Porque entendo que a liberdade individual da mulher não está consagrada na actual e lei. Voto SIM, porque alguns dos argumentos pelo NÃO, não são justos e verdadeiros. Tenho pena que, entre várias personalidades, Bagão Félix, da plataforma Não Obrigado, tenha tido intervenções no mínimo básicas e irreflectidas, sim irreflectidas porque um ex ministro, político activo que nada fez para mudar a actual lei, venha agora falar que a pergunta é enganosa, que tem de se criar políticas pró-natal. Depois, considero de muito mau gosto, quando o Professor Gentil Martins, defensor do NÃO, disse que o problema desta lei era que nenhuma mulher foi presa, e que muitas mereciam estar atrás das grades. Estes comentários no meio de tantos não contribuíram para a elevação que tanto se pediu para o debate deste referendo. E a principal razão do meu voto ser SIM, é porque com esta lei, a mulher que pensa em abortar, não tem como fazer uma análise, se deve ou não abortar. Ou seja, com a nova lei, se a mulher entender abortar, pode, se ela entender parar para pensar, tem com quem falar, de forma livre e sem que para isso tenha de ser discriminada. Poderia estar, aqui mais umas horas para dar mais algumas razões, para o voto no SIM, mas queria aqui deixar um apelo a todos os que passam por este blog. Quer vá votar SIM ou NÃO, vá votar, exerça o acto “sagrado” que o 25 de Abril nos deu de forma livre, vamos participar na vida do nosso país. Vote!

 

 Rui Tulik Lopes

 Presidente do Movimento Cívico Por Mirandela


Publicado por mdl às 00:18
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

Manuela Augusto - Pres. Mulheres Socialistas

Os artigos expressos neste blog não reproduzem a posição do Movimento. Trata-se apenas de um espaço de difusão de várias correntes de opinião quer do Sim ou do Não.

img102/7140/msfe4.jpg            Pelo Sim!

No próximo Domingo, à pergunta que nos é colocada no referendo, responsavelmente, responderei SIM!

                                                 

Sim, pela democracia, Sim, pela dignidade, Sim, pelo respeito que a consciência individual das mulheres e dos homens nos merecem!

 

Estamos a um passo de mudar uma lei injusta e desajustada, que deixou de conter em si mesma o sentido da justiça, razão crucial e indispensável para ser credível e respeitada.

 

Uma lei que empurra as mulheres para o aborto clandestino e que ainda as julga e condena, humilha e penaliza!

 

Uma lei que coloca as mulheres à mercê da denúncia, do medo, da vergonha e do risco, deixou de cumprir a sua função!

 

O Código Penal, as leis, a justiça devem ajustar-se aos valores civilizacionais que a consciência social e o senso comum das cidadãs e dos cidadãos aceitam como válidos e defensáveis.

 

Podem, então, o estado e a sociedade julgar e condenar uma mulher que não consegue ou não pode assumir uma gravidez que não desejou e que, numa decisão sempre difícil, interrompe essa gravidez até às dez semanas de gestação?

 

Pode o estado, pode a sociedade manter uma norma no código penal desajustada, uma norma injusta e ineficaz que penaliza, enxovalha, expõe e devassa a intimidade destas mulheres, dos seus companheiros, dos seus filhos, da sua família?

 

É tempo de dizermos BASTA!

 

É tempo de mudar esta lei, é tempo de votarmos Sim!

 

A sociedade, o estado, o legislador não podem ignorar os mais de 18 mil abortos clandestinos que se fazem, em Portugal, todos os anos, em condições social e clinicamente desiguais, em face de realidades distintas.

 

Não podemos fazer de conta que não sabemos que, por ano, cerca de 4 mil mulheres portuguesas vão a Espanha, para interromper uma gravidez que não conseguem levar por diante, uma decisão sempre dolorosa e muito ponderada, mas realizada em condições dignas e seguras.

 

Longe do ferrete do crime e do julgamento, da vergonha, da devassa.

 

Não podemos fingir que não sabemos que outras mulheres, porventura as mais pobres e desprotegidas, se sujeitam a tudo o que a clandestinidade comporta, às consequências tantas vezes irreversíveis para a sua vida, ou para o seu futuro, para a sua fertilidade e para a maternidade desejada.

 

Ao votarmos Sim, estamos a dizer que não pactuamos mais com esta injustiça e desigualdade social, com esta clandestinidade, nem com alguns dos interesses que a suportam.

 

É tempo de dizermos Basta!

 

Se não queremos penalizar qualquer mulher nestas condições, não podemos ficar pelas meias tintas!

 

Temos mesmo que decidir a favor da alteração da actual lei.

Não há outra forma de o fazer!

 

Basta de hipocrisia, basta de imoralidade e demagogia!

 

É totalmente inaceitável em democracia, é mesmo intolerável que se possa admitir à “boca das urnas”, que o voto dos portugueses não vale nada, que o referendo não conta para nada.

 

Todos ouvimos, incrédulos, pessoas com responsabilidades públicas e políticas envolverem-se nesta campanha assumindo o voto “NÃO” e, ao mesmo tempo, defenderem uma “engenharia jurídica” na Assembleia da República para suspender a pena prevista no Código Penal”.

 

Mas o voto “NÃO” tem um significado que é este e só este: a não concordância com a despenalização da interrupção voluntária da gravidez até às dez semanas de gestação, pelo que confirmam, com o seu voto, que às mulheres deve ser aplicada a pena prevista no Código Penal.

 

Haja decência!

Em política não vale tudo!

 

Nem mesmo quando se quer colocar os interesses partidários acima dos interesses da sociedade, da justiça, da democracia!

 

Não se pode impunemente fazer uma proposta que continua a criminalizar as mulheres, para as perdoar a seguir, de forma paternalista, subalternizando-as, atribuindo-lhes um estatuto de menoridade perante a lei, revelando uma condescendência moral inaceitável para a sua dignidade!

 

São pessoas assim que ainda não entenderam que homens e mulheres são seres de corpo inteiro, de igual maturidade e discernimento, de igual capacidade de decisão e condução das suas vidas.

 

Mulheres que não interrompem a gravidez por razões fúteis ou inconscientes.

 

São pessoas assim que não querem trazer as mulheres para o sistema nacional de saúde, onde possam, em condições dignas e iguais, ter acesso a técnicos de saúde que as acompanhem e assistam na sua decisão, que as acompanhem e assistam no seu planeamento familiar.

Esta é a única forma de diminuir progressivamente os casos de gravidezes não desejadas.

 

A quem interessa, afinal, manter o aborto clandestino, tantas vezes um sórdido negócio que exclui e que não previne?

 

Que não promove aquilo que uma sociedade responsável deseja: filhos e filhas desejados, amados, planeados.

 

É tempo de dizer BASTA!

 

É tempo de assumirmos as nossas responsabilidades!

No próximo domingo, é tempo de votarmos SIM!

 

O “SIM” responsável, capaz de fazer toda a diferença!

 Maria Manuela Augusto - Presidente Mulheres Socialistas 


Publicado por mdl às 00:12
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

. todas as tags

.Links

.Arquivos

. Julho 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.Links

SAPO Blogs

.subscrever feeds