Sábado, 8 de Julho de 2006

Tribunal condena a 8 anos de prisão

O Tribunal de Mirandela, condenou hoje, o arguido Alfredo dos Santos (na foto), a oito ano de prisão, dando assim como provados os maus-tratos prestados á sua esposa, Carmelinda Santos. O caso remonta ao ano passado quando a população de Vale de Juncal, uma aldeia do concelho de Mirandela, ficou chocada quando veio a lume, o caso de Carmelinda Santos, uma mulher de meia idade tinha sido presa a um tanque de lavar a roupa com uma corrente de rebocar alfaias agrícolas, pelo seu próprio marido. O caso foi a tribunal, pedindo o Ministério Público, nas alegações finais 6 anos de prisão, a verdade é que o caso encerrou hoje, com a condenação a 8 anos de prisão efectiva, a obrigação de uma indemnização por danos morais no valor de 20 mil euros e o pagamento das despesas hospitalares derivado ao seu internamento no valor de 1.347 euros. Carmelinda Santos, no final do julgamento manifestou o seu contentamento pela decisão judicial “foi justo mas ninguém paga o que eu sofri” e deixando um alerta “que as mulheres que sofrem o que eu sofri que denunciem o quanto antes os maus tratos” Quer o advogado de defesa, Fernando Espinhaço, quer o arguido Alfredo Santos não quiseram á saída comentar o veredicto do tribunal. A população mostrou se agradada mas lança agora um apelo, que investiguem a morte dos pais de Carmelinda que residiam com o casal, e segundo alguns populares morreram de uma forma estranha após uma refeição.


Publicado por mdl às 19:05
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

.Links

. todas as tags

.Links

.Arquivos

. Julho 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.Links

blogs SAPO

.subscrever feeds