Quinta-feira, 8 de Fevereiro de 2007

Grupo de Jovens Transmontanos

Os artigos expressos neste blog não reproduzem a posição do Movimento. Trata-se apenas de um espaço de difusão de várias correntes de opinião quer do Sim ou do Não.

Nós, tal como tu, pensamos o amanhã!

 

Nós votamos não!

 

Carta Aberta aos jovens

 

            Nós, tal como tu, somos jovens e gostamos de sair, estar com os amigos, divertir-nos, tomar um copo, namorar, dançar, ter algum tempo para nós, dedicarmo-nos aos nosso passatempos,.... Enfim! Aproveitar e viver a vida com o melhor que ela tem para nos dar! Recusamos qualquer rótulo que nos tentem colocar, na certeza que é por sermos “todos diferentes, todos iguais” que o mundo ganha côr! É exactamente por isso que decidimos votar “não” no próximo Domingo, porque sabemos que cada um de nós é único e irrepetível!

 

            Nós, tal como tu, vivemos dia-a-dia com as novas tecnologias e avanços científicos que o século XXI nos oferece! Precisamente por isso, assumimos as evidências que as ecografias, as cirúrgias intra-uterinas e que muitos mais instrumentos médicos nos dão sobre a vida que já existe num feto! Se ás dez semanas já existe coração, quem somos nós para o sentenciar a parar de bater?!

 

           Nós, tal como tu, reconhecemos a importância de uma educação sexual informativa que seja eficaz! Por isso mesmo, não compreendemos como se fecham maternidades, se diminui a oferta de pílulas mensais nos centros de saúde ao mesmo tempo que se pretende introduzir o aborto no sistema nacional de saúde. Invertam-se as políticas! Sejamos um país de e com futuro!

 

            Nós, tal como tu, assumimos como nossos valores como a liberdade, a protecção do ser-humano, a irreverência, a responsabilidade. Respondemos não à pergunta do referendo porque o respeito por cada vida é algo de que não abdicamos.

 

            Nós, tal como tu, somos contra radicalismos e manipulação de palavras! O que nos é perguntado dia 11 de Fevereiro é se somos a favor da criação do Direito ao aborto livre até às 10 semanas, sem necessidade de “porquês”. Se o sim vencesse os julgamentos continuariam a existir e já foi até afirmado que a pena seria então para cumprir. Não é isso que queremos. Queremos defender a mulher e a criança, a mãe e o filho.

 

            Nós, tal como tu, participamos no presente com a preocupação de construir um futuro sólido e promissor! Nós, tal como tu, queremos um país moderno que permita a todos a vida! Nós, tal como tu, queremos que o nosso amanhã seja garantido com uma vida melhor, não com boas condições para os nossos não chegarem a ver a luz do dia. Nós, tal como tu, queremos que a nossa geração seja vista como aqueles que se divertem, como os que querem construir um mundo diferente baseado na igualdade e não a geração que permitiu que uns tivessem o direito a nascer, e outros não.

 

            Lançamos o desafio para que tu, tal como nós, votes não no próximo Domingo.

 

Ana Soares,Alexandre Cardoso,Ana Mendonça,Cassiano Trindade,Fábio Fonseca,José Menezes Barbosa,Marília Azevedo,Ricardo Almeida,Ricardo Alves,Ricardo Garcia e Rui Moreira


Publicado por mdl às 23:59
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

. todas as tags

.Links

.Arquivos

. Julho 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.Links

SAPO Blogs

.subscrever feeds