Quinta-feira, 31 de Agosto de 2006

O Movimento é para levar a sério!!!

      COMUNICADO

Fomos confrontados com a organização de um grupo de acompanhamento sobre o encerramento da maternidade de Mirandela, manifestamos desde já a nossa indignação pela exclusão do Movimento nesse mesmo grupo de trabalho. As forças políticas sejam elas de que área sejam deve respeitar todos aqueles que não se sentem identificados ou não se revêem nas forças políticas, o Movimento nasceu para ser uma plataforma apartidária, e esta palavra quer dizer muita coisa, apesar de muitas pessoas desta cidade não entenderem o significado dela mas uma grande maioria apercebeu-se e a prova são os 500 inscrições neste movimento. Lamentamos que  nesta altura tão difícil, algumas forças políticas queiram criar motivos de polémica que em nada beneficiam Mirandela, o Movimento para além de ter reunido com o Presidente da Câmara de Mirandela, solicitou á semanas atrás uma audiência ao senhor Presidente da República sobre esta questão, enviou hoje um pedido de audiência ao Senhor Governador Civil e toma atitudes ao contrário de muitos. O Movimento tal como foi dito não quer protagonismo bacoco mas sim protagonismo que a nível nacional Mirandela merece com esta situação. Por isso mesmo  esperamos  receber  ainda esta semana uma resposta aos pedidos de audiência que efectuou. Porque Mirandela não pode se deixar levar por demagogia de alguns políticos que apenas fazem a crítica pela crítica. O Movimento entende que as iniciativas  tomadas pela Câmara Municipal são válidas e poderão ter resultados. E deixamos o aviso a todos aqueles que tentam que o movimento cívico fique por aqui, o Movimento está vivo e de boa saúde e sempre de portas abertas a todos os Mirandelenses independente dos partidos porque o que conta aqui são as pessoas.


Terça-feira, 29 de Agosto de 2006

Todos somos poucos

O Movimento Cívico "Por Mirandela" reuniu esta manhã com o Presidente da Câmara de Mirandela, Dr. José Silvano, e chegamos à conclusão que todos são necessários nesta luta pela nossa terra, o movimento tem uma importância nesta cidade e por isso associa-se à manifestação em marcha lenta no IP4 . Por isso pedimos a todos os inscritos ou não para aderirem a esta iniciativa. Mirandela precisa de todos nós, para esta luta que não é só política mas sim do povo e por isso um exercício de cidadania.


Segunda-feira, 28 de Agosto de 2006

Sorrisos que brilham, mas nao calam polémicas

Na edição de 27 de Agosto do Jornal de Notícias uma jornalista, de seu nome Ivete Carneiro, descreve, na sua rubrica com o nome “Sorrisos que calam polémicas” fala sobre alguns dos encerramentos de maternidades do país. Resume que falam muito as pessoas contra o encerramento, mas, depois verifica-se a satisfação. Essa senhora não deve saber onde fica Mirandela, nem em que situação vive Mirandela. Diz que Mirandela faz barulho, ainda não fez o barulho necessário, várias são as opiniões que circulam, quer em jornais nacionais, quer regionais e até em Blog´s de Internet. Chegou-me a poucos dias um artigo publicado num jornal da zona de Leiria onde um cidadão de Lisboa fala sobre o encerramento da maternidade de Mirandela, falando sobre os argumentos que segundo ele defendia para que Mirandela não encerrasse. Uma pessoa que apenas vem cá visitar entende que Mirandela tem de ser caso único no País, eu tendo que sim, tem de ser discriminada mas agora positivamente. Não podemos deixar que jornalistas passem a imagem de que depois da decisão, no fundo todos concordamos com ela, Mirandela não pode perder esta valência, é demasiado importante para que uma cidade esquecida pelos governantes, e até, pelos seus deputados eleitos com votos dos Transmontanos. O Movimento existe para mobilizar as pessoas activamente em prol da cidade. Não podemos deixar cair, esta nossa posição. Jornalistas que transcrevam essa impressão sobre outras cidades, até o podem fazer, mas sobre Mirandela não! Por isso manifestem-se, dêem o murro na mesa, façam ouvir a nossa voz! Mirandela precisa de todos juntos para que o ditado seja ainda verdade no séc. XXI “PARA CÁ DO MARÃO, MANDAM OS QUE CÁ ESTÃO”


Publicado por mdl às 01:30
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 23 de Agosto de 2006

Comunicado

 

 

 

COMUNICADO

 

O Movimento tomou hoje conhecimento pelos meios de comunicação social da possível data de encerramento da maternidade de Mirandela, o Movimento cívico “Por Mirandela” vem mostrar a sua indignação pela decisão. Ouvimos as declarações na segunda-feira do Director Clínico Dr. Sampaio da Veiga a desmentir que ainda não à uma data para encerrar, estas declarações só podem ser uma manobra de diversão do Centro Hospitalar do Nordeste para além de enganar os Mirandelenses. Estamos cientes que o encerramento da maternidade de Mirandela é muito provavelmente de um plano para empobrecer a nossa cidade, tirando os poucos serviços que cá se encontram sedeados. Solicitamos hoje, um pedido com carácter de urgência ao senhor Presidente da República, Dr. Cavaco Silva, para que intervenha neste assunto. Esperamos que as entidades que estão a preparar algumas iniciativas não se esqueçam deste movimento, que embora recém-criado, nasceu para os Mirandelenses, porque só todos juntos podemos enfrentar este problema e estarmos preparados para outros que se avizinham. Apelamos a que todos os mirandelenses respondam em massa às iniciativas em prol da cidade.


Indignação!!!

O Movimento "Por Mirandela", foi confrontado com a notícia na rádio local que o encerramento da maternidade de Mirandela, vai ser antecipado para o mês de Setembro.

O movimento expressa a sua indignação por mais esta surpresa de Verão. Mas desde já alertamos que estamos no terreno e iremos movimentar todos os nossos esforços para mostrar-mos a nossa indignação. Vamos encetar esforços para unir todos os Mirandelenses, em defesa da cidade de Mirandela. Por isso, Mirandelenses, apelo a que todo se unam nesta luta, pois é o futuro da cidade que está em causa. Acreditamos que o episódio que se passou ontem com um ferido grave resultante de um acidente de trabalho, que relegou o Hospital Distrital de Mirandela para segundo lugar foi uma manobra de diversão e estamos certos que este tipo de situações seja para diminuir a importância do Hospital da nossa cidade. Este tipo de situações não se pode permitir, e cabe ao povo de Mirandela fazer mostrar essa indignação .

Por Mirandela 


Publicado por mdl às 12:57
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 22 de Agosto de 2006

Hoje Apresentamo-nos à Imprensa e ao Público em Geral

Movimento Cívico "Por Mirandela"

 

 

Somos um grupo de cidadãos de Mirandela, de vários sectores políticos, áreas profissionais, crenças religiosas. Organizamo-nos pela defesa da maternidade de Mirandela, mas não só. A nossa região em geral e Mirandela em particular, tem vindo a ser prejudicada em detrimento de outras cidades. O caso da maternidade de Mirandela é um caso muito delicado. Várias foram as iniciativas que de entre vários grupos políticos e associativos foram realizadas, mas falta uma intervenção que seja sem interesses políticos e pessoais e apenas pela defesa de todos os cidadãos do concelho. Este movimento surge da união de várias correntes de opinião, de vários quadrantes da cidade. Mirandela precisava, no nosso entender, de um grupo que estivesse ao lado da população sem olhar a meios. Várias são as questões que defendemos entre elas: a manutenção da maternidade de Mirandela e o não encerramento da linha do Tua. Nada nos move, a não ser o verdadeiro sentido de sermos Mirandelenses e Transmontanos. Porque o povo de Mirandela e de Trás-os-Montes não se pode calar quando a nossa cidade perde serviços, não podemos apenas estar a falar com o vizinho e a vizinha, temos de intervir. Este movimento surge para ocupar um espaço de união de todos os mirandelenses independente das cores políticas, para que Mirandela fale num só tom, para melhor poder servir a cidade e sua população. Por considerarmos que recolhemos o apoio de várias personalidades de relevo da região e da cidade, e de uma grande adesão de pessoas do concelho e de todo o país em prol da cidade, resolvemos apresentarmo-nos ao público em geral promovendo o movimento cívico para defesa de todos nós. Desenvolvemos em cerca de 2 semanas através da Internet com o nosso blog www.pormirandela.blogs.sapo.pt centenas de adesões. Muitas mensagens de incentivo e apoio. Por isso, estamos a trabalhar em duas iniciativas que desde já não podemos avançar por estarmos a ultimar os últimos preparativos. Por isso em defesa de Mirandela todos somos poucos. Pedimos a todos aqueles que queiram aderir ao movimento que enviem nome, idade, cidade e telefone de contacto para o nosso e-mail pormirandela@hotmail.com. Mirandela precisa de si.

 


Quinta-feira, 17 de Agosto de 2006

Apresentação do Logótipo do Movimento "Por Mirandela"

 


 

 Definimos esta pequena imagem, como símbolo do nosso movimento. O movimento tem cada dia que passa recebido, vários, apoios de muitas pessoas anónimas e algumas personalidades que vão desde a política, desporto até  à televisão. Estão a ser preparadas as primeiras iniciativas, desde movimento. Este movimento terá também uma Comissão de Honra com pessoas de vários quadrantes da sociedade da nossa cidade. Por isso, a única conclusão que se pode tirar deste movimento, é que está a crescer, a bom ritmo. Estamos a preparar a apresentação à comunicação social regional e nacional. Por isso aguardem, novidades e já sabem as inscrições que são gratuitas, estão abertas para todos aqueles que queiram estar do lado do povo da cidade, em defesa da Maternidade de Mirandela. A partir da próxima semana, nas ruas da cidade vão estar afixados uns cartazes, embora pequenos pois não temos meios financeiros que nos permitam mandar fazer uns cartazes de grandes dimensões, vão estar nas ruas da cidade para marcar presença e para informar todos aqueles que desconhecem o nosso e vosso movimento. As inscrições continuam, envie um e-mail para pormirandela@hotmail.com com nome, idade, cidade e número de contacto.

Todos juntos "Por Mirandela"

 


Publicado por mdl às 22:05
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 16 de Agosto de 2006

Contador Novo!!

 Por motivos de força maior fomos forçados a alterar o contador. Desde já agradecemos a vosso compreensão. Não se esqueça de votar no nosso blog no link "vote no nosso blog".  Aproveitamos para informar que atingimos já as 430 inscrições. Já foram várias as personalidades da região a manifestar apoio ao nosso movimento cívico. Em breve teremos mais notícias.

Todos Por Mirandela!!!


Publicado por mdl às 16:46
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 13 de Agosto de 2006

Pedido de Desculpas

O Por Mirandela pede desculpas a todos aqueles que entre as 21 horas de 12 de Agosto e 00:15 do dia 13 de Agosto, não tiveram a possibilidade de aceder ao blog e ao e-mail pois quer o blog quer o e-mail, pormirandela@hotmail.com estiveram bloqueados devido à grande afluência.  Mas as inscrições continuam abertas a todos aqueles que se identificam. Desde já o blog pede desculpa pelos transtorno causado. Desde já informamos que solicitamos junto do Sponsor (Sapo) a maior capacidade de visualização do nosso blog, o qual nos foi dito que a partir das 02:00 da manhã o problema estará resolvido. Quanto ao e-mail encontra-se já disponibilizado !!

Desde já e mais uma vez as mais sinceras desculpas


Sábado, 12 de Agosto de 2006

Grupo de Cidadãos a crescer.

O Grupo de Cidadãos "Por Mirandela" está cada vez mais a crescer. Tudo começou com a ideia de três pessoas que falando sobre o já muito debatido assunto da maternidade de Mirandela, e ficou a ideia que o povo tinha de se unir em volta da defesa da sua cidade.

 De 3 pessoas passamos para cerca de 250 pessoas. Emitimos um e-mail, a alertar para a criação deste movimento cívico sem cor partidária, este movimento não qualquer finalidade política a não ser a defesa da nossa cidade. Muitas lutas se avizinham , a maternidade, a PSP e a linha do Tua, com estas situações,Mirandela não pode ficar calada.

O que é certo é que crescemos e tenho a certeza que iremos crescer ainda mais. Todos unido sem medo poderemos fazer frente a quem nos quer tirar o pouco que temos na nossa terra. Independentemente das nossas cores políticas, crenças religiosas e ideologias um factor nos une, o gosto em ser Mirandelense e em defender a nossa terra.

 Muitos consideram que a luta está perdida, pois acho que perdida não está e se os capitães de Abril não acreditassem ainda hoje, possivelmente viveríamos em ditadura. Por isso e pela nossa terra junte-se a nós Por Mirandela.

Envie-nos um e-mail para pormirandela@hotmail.com com seu nome,idade,cidade e telefone de contacto.

Por Mirandela


Quinta-feira, 10 de Agosto de 2006

MIRANDELA DE LUTO MAS POUCO.....

O presidente da Câmara Municipal de Mirandela, José Silvano vem desde segunda-feira a apelar aos mirandelenses para se associarem á iniciativa que hoje foi concretizada, bandeira pretas e tarjas espalhadas pela cidade.

 

O que é certo, é que hoje, passando pela cidade em algumas das principais artérias verifica-se que a adesão ao protesto não passa de uma pequena participação da sociedade civil. Não fossem as tarjas e bandeiras na Ponte Eng. Machado Vaz, Ponte Românica, edifício da Câmara Municipal, Serviços Técnicos e Centro Cultural o protesto passaria despercebido.

 

 A população concorda mas á uma parte que discorda com a cor utilizada “o preto é uma cor muito forte e não morreu ninguém, já morreu muita gente que fez bem a Mirandela e não se pôs nada em sinal de luto” a voz de Carmelinda Gomes de 63 é uma das que discorda, acrescentando, “Por a cidade de luto por esta razão é gozar com quem realmente está de luto pela perda de um parente”.

 

Certo é que à hora de fecho deste artigo já a noite caiu em Mirandela e poucas eram as casas com a faixa, bandeira ou tarja preta. Aqui fica a questão: Porque será?


Mirandela acordou de luto

                              

Os populares de Mirandela, acordaram hoje com a cidade vestida de preto. Cerca de 200 bandeiras pretas espalhadas pela cidade foram na madrugada de ontem hasteadas em mastros públicos.

 

A adesão popular com panos pretos nas janelas e varandas ainda é pouco significativa, mas prevê-se que com as bandeiras nos mastros a população se sinta mais estimulada para protestar. José Silvano, tem vindo a encetar alguns protestos em defesa da Maternidade de Mirandela, bem antes da decisão ser anunciada no domingo passado numa entrevista dada ao JN pelo Ministro da Saúde, Correia de Campos, ao afirmar que a maternidade que iria fechar devido aos meios e ao relatório do concelho de administração do centro hospitalar onde aconselhava a fechar a maternidade de Mirandela.

 

O edil de Mirandela já prometeu que irá recorrer para o Tribunal Administrativo e Fiscal para impedir o fecho, alegando que não sabe como é que o Ministro irá contrariar razões tão óbvias como a centralidade e acessibilidades entre outras.

 

Todas as forças políticas falam num só tom, em defesa da maternidade, incluindo o PS local tomando posição diferente do PS distrital, que é a favor do encerramento da maternidade de Mirandela.

 


Quarta-feira, 9 de Agosto de 2006

Luto pela Maternidade de Mirandela!!!!

0002sedt

A partir de hoje, o Blog Por Mirandela Melhor, associa-se ao protesto pela manutenção da maternidade de Mirandela, utilizando como sempre usamos o fundo preto e com este dístico da Câmara de Mirandela sempre em qualquer notícia ou artigo postado neste blog.

 

POR MIRANDELA MELHOR !!!

 

PELA MATERNIDADE !!! 

 


Publicado por mdl às 17:18
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Só PS Distrital discorda!!! Todos os partidos falam num só tom.....

0002qk3y

0002sedt

A Juventude Popular do Distrito de Bragança, emitiu hoje, um comunicado á imprensa onde diz que acha: “inaceitável o tratamento dado pelo Ministro da Saúde a todos os utentes do serviço nacional de saúde, em particular com o anúncio do encerramento da maternidade de Mirandela” e faz um apelo “A Juventude Popular do distrito de Bragança apela a que todos os Transmontanos se unam na defesa das duas maternidades”. Nesse mesmo comunicado, a JP Bragança diz que o Ministro da Saúde desrespeita os Brigantinos, por não ter respondido aos abaixo assinados enviados com cerca de 4500 assinaturas recolhidas por esse organismo jovem. Acusando o Ministro de uma “birra”

 

Este comunicado vem na sequência de uma entrevista do Ministro da Saúde, Correia de Campos, onde anunciava que a Maternidade de Mirandela iria encerrar, ficando a funcionar apenas a maternidade de Bragança.

 

Várias forças políticas do distrito de Bragança já reagiram, Mota Andrade, líder da distrital do Partido Socialista afirma: “ a decisão do Ministro da Saúde é a melhor para as grávidas da região” já Adão Silva, líder o PSD distrital, entende: “O ministro só se importa com os números e que por essa via também a maternidade de Bragança está em risco”.

 

O Partido Comunista Português, na pessoa de José Brinquete afirma que é preciso voltar á rua para lutar pelos serviços.

 

Júlia Rodrigues, Presidente do PS/Mirandela e do Departamento Federativo das Mulheres Socialistas do Distrito, recém eleita, afirma que “O PS/Mirandela encontra-se a favor da maternidade em Mirandela” questionada sobra a possibilidade de estar numa das manifestações que José Silvano, presidente da Câmara Municipal de Mirandela, promete fazer, Júlia Rodrigues afirma: “Já estive na vigília em Maio, em meu nome pessoal e em nome da Comissão Política do Partido Socialista de Mirandela e estarei novamente se assim for necessário” no entanto mostra reservas sobre a forma de protesto alegando que “ a cor preta que o Presidente da Câmara de Mirandela, quer espalhar pela cidade talvez não seja a melhor, sou apologista sim do branco, preto é uma cor muito forte”.

 

 A presidente do PS/Mirandela remata que “foi muito estranha a forma de apresentar essa decisão”. Estão então criadas as condições para ser um dos Verões bem quentes numa região já bem marcada pelo calor.

É caso para perguntar se o senhor Deputado eleito pelo Partido Socialista, nas listas de Bragança está a trabalhar para quem ? O povo de Mirandela e Bragança votou nele para que? para ele defender o bem do distrito ou para deixar que os serviços saiam do distrito? Mota Andrade vendeu-se ao diabo deixando o seu povo, que nele votou entregue ás ortigas. Ele se tivesse vergonha na cara demitia-se da distrital de Bragança ele e o seu comparça Luís Vaz que pelo distrito estando o PS no poder nada fazem e para dizer que:" O Ministro faz o melhor para as grávidas da região" mais valia estár calado!!!
Honra seja feita a quem defende a sua terra e seu POVO!!!

 


Terça-feira, 8 de Agosto de 2006

Faleceu a mulher vítima de 11 facadas

Anabela da Silva Flores de 33 anos, foi vítima de agressão pelo seu marido, José João Azevedo, com 8 facadas. A vítima veio a falecer durante a manha de ontem depois de ter sido sujeita a inúmeras transfusões de sangue e várias cirurgias.

 

O agressor ouvido em Tribunal durante a tarde de ontem, recolheu ao Estabelecimento Prisional de Bragança, onde vai aguardar julgamento em prisão preventiva.

 

O caso remonta á noite de 7 de Agosto, pela 01:30 quando a pequena população de Longra, concelho de Mirandela, acordou sobressaltada com gritos e insultos.

 

 Quando os vizinhos chegaram a casa da vítima, encontraram um cenário digno de um filme de acção e terror, a vítima estava coberta de sangue mas com sinais evidentes de vida, foi socorrida para o Hospital Distrital de Mirandela e de seguida para o Hospital de Vila Nova de Gaia.

 

O agressor após ter desferido as 11 facadas refugiou-se em casa de uma irmã, no Bairro de S. João, em Mirandela, onde viria a ser detido pelas 04:15. Entregou a arma do crime uma faca de cozinha, e ficou aguardar nos calabouços da GNR de Mirandela.

 

 O motivo desta macabra agressão que vitimou Anabela Flores, ao que tudo indica foi a acusação de uma alegada infidelidade, ao que Anabela negou, de seguida então José Azevedo dirigiu-se à cozinha pegou numa faca de cozinha e desferiu cerca de 11 facadas no tórax, abdómen e no pescoço da esposa. Anabela veio a falecer no final da tarde de ontem.

 

As duas crianças foram entregues a uma tia paterna, residente na cidade de Mirandela.


Publicado por mdl às 12:04
Link do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

. todas as tags

.Links

.Arquivos

. Julho 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.Links

SAPO Blogs

.subscrever feeds